23 de fevereiro de 2011

Sopa de Cogumelos e Cevada

Vi esta receita na net e achei que tinha um ar tão delicioso que decidi experimentar. Comprei cevada de propósito para a fazer e agora sobrou imensa, porque como a cevada incha muito utiliza-se apenas um bocadinho. Parece que vou ter que fazer esta receita mais vezes ;) E se calhar vou aproveitar e triturar a cevada a seco na Bimby e assim faço farinha para usar no pão.
A foto já foi tirada no dia seguinte, em que reaqueci a sopa, por isso já estava sem caldo. Se quiserem ver o aspecto com que fica acabadinha de fazer vejam a receita original.

Sopa de Cogumelos e Cevada


  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 cebola finamente picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 2 cenouras m rodelas
  • 300 g de cogumelos laminados
  • 1/4 chávena de cevada
  • 1 chávena de caldo de galinha (desfiz 1 knorr natura de galinha em 1l de água e usei 1 chávena daí)
  • 1 chávena de tomate de lata
  • sal
  • pimenta

Num tacho grande, juntar o azeite, a cebola e o alho e refogar 5 minutos em lume brando.
Juntar as cenouras e salteiar, mexendo, mais 4 minutos.
Juntar os cogumelos e saltear 5 minutos.
Juntar a cevada, o caldo, 1 chávena de água, o molho de tomate e a pimenta. Provar e adicionar sal se necessário.
Deixar levantar fervura, baixar o lume, tapar e deixar cozer 45 minutos, ou até a cevada estar cozida.
Se ficar com pouco caldo, acrescentar mais água ou caldo de galinha.

16 de fevereiro de 2011

Fabada Asturiana

Tal como prometido aqui vai mais uma receita das que mais gostei de comer por Espanha. Este é um prato típico das Astúrias que se assemelha à nossa feijoada. A parte que o distingue é o feijão, que é semelhante ao nosso feijão branco mas maior, e os enchidos, que são o que dão sabor ao prato. Eu trouxe um "pack", que nas Astúrias vendem em todo o lado, que já traz o feijão e o "compango", que é o que chamam ao conjunto dos chouriços e carnes. Por cá podemos comprar estes ingredientes no supermercado do El Corte Inglés.
O prato deve ser acompanhado por sidra, bebida típica asturiana, que deve ser servida da forma correcta (se não quiserem ouvir a explicação podem ir directamente ao minuto 2:22):



Por isso não se esqueçam do guarda-chuva, que aquilo respinga por todos os lados! À falta de sidra, acompanhar com um bom tinto ;)
A preparação da fabada leva algumas horas e requer que se siga a receita à risca para que os feijões fiquem como manda a regra - inteirinhos por fora mas molinhos como manteiga por dentro. Ficou deliciosa! O mesmo sabor das que comi por lá :)
Segui esta receita tradicional de fabada, que costuma ter bastante caldo e ser servida como uma sopa. Como a minha ficou com pouco caldo, fiz batota e servi sobre arroz branco.

Fabada Asturiana
(4 pax)

  • 500 g feijão asturiano
  • 1 embalagem de compango (2 chouriços asturianos, 1 morcela asturiana, 1 pedaço de pancetta, 1 pedaço de toucinho)
  • 1 cebola
  • 2 dentes alho
  • 1 raminho de salsa
Deixar o feijão de molho de um dia para o outro. Num recipiente à parte colocar também de molho as carnes.
Numa panela grande colocar as carnes no fundo e os feijões por cima. Adicionar a cebola inteira, os alhos e a salsa atada em ramo (atei com um pé da própria salsa). Cobrir com água e levar ao lume.
Quando começar a ferver, retirar a espuma que se criou à superfície.
Em seguida, "assustar" os feijões, ou seja, ir deitando (pouca) água sobre as zonas de fervura.
Quando a água voltar a ferver, voltar a assustar os feijões. Fazer este processo 3 vezes.
Depois de assustar os feijões 3 vezes, baixar o lume para um mínimo que permita que levante uma ligeira fervura mas não demasiada. Isto permite que os feijões cozam mas não se desfaçam.
O tempo de cozedura será entre 2 a 3 horas, mas é melhor ir verificando os feijões.

Boas "fabadas"! :)